A “Dúzia Suja” – 12 Frutas e Legumes a evitar

frutas mas

Um plano de dieta saudável deve sempre incluir a ingestão de vegetais e frutas. Temos na mente que estes são alimentos saudáveis e nutritivos. A verdade é que nem sempre é assim.

Existem muitos pesticidas que são colocados nas frutas e legumes para os proteger de pragas,  para que cresçam mais e acabam por chegar à nossa mesa.

Devemos ter em atenção a inclusão destes legumes e frutas num plano de dieta saudável. Sempre que possível deveremos consumir estes legumes e frutas mas de plantações que tenhamos confiança. Caso não seja possível é melhor comprar as frutas e legumes nos mercados onde os legumes são mais frescos. Desta forma conseguimos ter uma plano de dieta com legumes e frutas mais saudável.

 

Em caso de não conseguirmos consumir frutas e legumes biológicos o melhor é mesmo comer dos outros. Pois apesar terem pesticidas têm também todos os outros nutrientes que fazem muito bem ao nosso plano de dieta.

 

Lista de LEGUMES |PERCENTAGEM de legumes com pesticidas:

  1. COUVES | 91%
  2. ALFACES | 95%
  3. MIRTILOS | 72%
  4. BATATAS | 91%
  5. PIMENTOS | 70%
  6. UVAS | 80%
  7. ESPINAFRES | 75%
  8. PÊSSEGOS | 85%
  9. MORANGOS | 90%
  10. AIPO | 95%
  11. MAÇAS | 98%

“O Environmental Working Group, uma organização norte-americana sem fins lucrativos, lançou a “Dúzia Suja”, lista de 12 frutas e legumes que são os mais contaminados com pesticidas.

Os benefícios da frutas e dos vegetais para a saúde são, sem dúvida, um facto conhecido e bastante publicitado, mensagem restabelecida com a última reformulação da pirâmide de alimentos, que sugere que se deve encher metade do prato com frutas e legumes.

O Environmental Working Group diz que para se defender dos pesticidas, deve consumir produtos orgânicos, mas salienta que o produto normal é melhor que nada: “Os benefícios de saúde de uma dieta rica em frutas e vegetais superam os riscos da exposição a pesticidas.”

Fonte

 

MAIS DIETAS SAUDÁVEIS:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *